O Pinterest passa a fazer parte da Global Alliance for Responsible Media (GARM)

21 de outubro de 2020 — Meredith Guerriero

Uma menina e um menino latinos em uma cama com seus dispositivos móveis na mão

Um lugar mais positivo

Quando falo com as pessoas sobre o Pinterest, sempre ouço a mesma coisa: "Essa é a única plataforma que deixo meus filhos usarem sem me preocupar". Essa sensação de segurança não aconteceu por acaso. No Pinterest, nossas diretrizes são elaboradas para manter a plataforma não apenas segura, mas também positiva para todos, inclusive para as marcas. Na verdade, 8 em cada 10 usuários do Pinterest o acessam para “se sentir positivos” (apenas cerca de 3 em cada 10 dizem o mesmo sobre outras plataformas sociais)1 e 92% dos anunciantes do Pinterest o classificam no primeiro lugar em reputação geral entre as 8 principais plataformas (20 pontos acima do concorrente mais próximo).2

É por isso que estou muito feliz em anunciar hoje que o Pinterest está ingressando na Global Alliance for Responsible Media (GARM), liderada pela Federação Mundial de Anunciantes. Integrar a GARM faz com que nosso trabalho transcenda a plataforma e se torne uma colaboração com os principais anunciantes, agências, editoras e plataformas do setor, que, juntos, promovem a mídia responsável na internet. A missão da GARM “é criar um ambiente digital mais sustentável e responsável que proteja os consumidores, o setor de mídia e, consequentemente, a sociedade".

Como mãe e profissional de marketing, sinto que essa é a minha missão todos os dias.. Antes de tudo, sempre me pergunto onde meus filhos vão se sentir seguros. Mas, no meu trabalho, também passo muito tempo me perguntando onde as marcas podem se sentir seguras.

Diretrizes claras para conteúdo

As diretrizes claras e consistentes do Pinterest facilitam esse trabalho em ambas as situações. Por exemplo, o Pinterest não permite desinformação prejudicial, como a promoção de falsas curas para doenças terminais ou conselhos antivacinação. Nos últimos anos, construímos um sistema mais robusto de aplicação de diretrizes, que inclui desde tecnologias de machine learning até parcerias com terceiros que nos ajudam a evitar, detectar e remover conteúdos que violam nossas diretrizes. Também não permitimos anúncios eleitorais. Não monetizamos conteúdo relacionado a eleições nem termos de pesquisa relacionados ao coronavírus ou à pandemia.

Outro grande exemplo de diretrizes claras e consistentes: estamos removendo do Pinterest os conteúdos relacionados à conspiração QAnon desde agosto de 2018, quando determinamos que o QAnon violou nossa política de desinformação. A partir daí, temos buscado e removido proativamente os conteúdos relacionados ao QAnon, além de remover os conteúdos denunciados. Também desativamos os resultados de pesquisa para o QAnon, bem como as palavras-chave, as variações e os erros ortográficos relacionados. Acreditamos em uma internet com mais inspiração, por isso fazemos questão de criar um espaço seguro, positivo e livre de desinformação para as pessoas.

O Pinterest é líder do setor em moderação de conteúdo

2017

Lançou uma política sobre desinformação na área da saúde que bloqueia conteúdos antivacinação

2018
Deixou de exibir anúncios políticos
Começou a remover conteúdos referentes à conspiração QAnon

2019
Implementou a busca empática, para pessoas que procuram ajuda em questões relacionadas à saúde mental

2020
Lançou os resultados de pesquisas oficiais para a COVID-19


Controles para a segurança das marcas

À medida que aprimoramos nossos controles, também estamos expandindo os seus. Os anunciantes sabem o que é adequado para suas marcas. Portanto, quer você gaste dinheiro ou não com o Pinterest, você tem acesso a ferramentas de moderação que definem o tom da sua marca. Por exemplo: se um comentário ou uma foto não for relevante para o seu Pin, você poderá excluir esse item. Na verdade, você pode desativar completamente os comentários em seus anúncios ou conteúdos orgânicos.

Nossa pesquisa mais recente mostra que a adjacência importa mais do que nunca na publicidade depois da COVID. Dos milhares de consumidores entrevistados, a maioria disse que, ao ver marcas aparecendo ao lado de conteúdo prejudicial, sua reação é deduzir que haja um apoio implícito. Isso significa que você precisa de mais ferramentas não só para controlar onde você aparecerá e para entender onde você apareceu.

Anunciantes
Os anunciantes podem usar controles de segmentação para decidir onde desejam que seus anúncios apareçam no feed inicial ou na pesquisa do Pinterest.

Marcas
As marcas podem aplicar palavras-chave negativas para impedir que seus anúncios sejam veiculados em consultas de pesquisa não consideradas adequadas para elas.

Relatórios de termos de pesquisa
Os relatórios de termos de pesquisa permitem que as marcas vejam quais consultas específicas dispararam seus anúncios. As marcas podem usar esses relatórios para criar palavras-chave negativas e impedir que seus anúncios apareçam em consultas específicas ou para sinalizar termos inadequados para sua equipe de conta do Pinterest. Os relatórios de termos de pesquisa estão disponíveis para os anunciantes mediante solicitação.

Quem torna tudo isso possível são as pessoas

É a solidariedade das pessoas que possibilita que nossa comunidade seja tão segura. As pessoas sabem que o Pinterest é um espaço digital mais positivo e nos ajudam a mantê-lo assim. Os usuários podem denunciar infrações de maneira rápida e fácil: basta clicar em “…” no canto inferior direito de qualquer Pin para ver mais opções.

As telas do Pinterest que mostram onde você pode denunciar um Pin

Nós revisamos as denúncias dos usuários e tomamos medidas quando algo é considerado inaceitável. Se tomarmos medidas em relação a um Pin, uma pasta ou uma conta, o titular da conta receberá um e-mail com a notificação da remoção e um lembrete sobre nossas Diretrizes da Comunidade.

No Pinterest, nossa missão é inspirar as pessoas a criar a vida que amam. Acreditamos que, para que as pessoas — e as marcas — inspirem e se sintam inspiradas, elas primeiro precisam se sentir seguras. Estamos muito felizes com a nova parceria com a GARM e o que ela significará para a criação de espaços mais positivos na internet.

Notas de rodapé
1

TalkShoppe, Estudo sobre emoções, atitudes e uso nos EUA, setembro de 2018.

2

Advertiser Perceptions for Pinterest, estudo realizado com anunciantes nos EUA no 1º trimestre de 2020.